quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Um recado do prefeito de Sarandi Carlos de Paula na mídia

Blog do Mineiro

Quinteiro recebe verador de Sarandi Nelson Lima



O deputado estadual Wilson Quinteiro recebeu nessa quarta-feira (30), a visita do vereador de Sarandi Nelson Lima e sua assessora Eliene Santana, para tratar de políticas públicas ao município de Sarandi.Blog Wilsom Quinteiro

Sociedade Rural de Sarandi é oficializada com o titulo de Utilidade Publica Estadual




Sociedade Rural de Sarandi é oficializada com o titulo de Utilidade Publica Estadual sob Lei de n°17414 tendo como autor do projeto o Deputado Estadual Evandro Junior. No dia 18 de Abril de 2011 o Prefeito Municipal de Sarandi Carlos Alberto de Paula Junior declarou a Sociedade Rural de Sarandi com o titulo de Utilidade Publica Municipal sob lei n°1790/2011, abrindo caminho para Utilidade Publica Estadual, e agora apos 20 meses de muita luta e dedicação conseguiram o Titulo Estadual por autoria do Deputado Estadual Evandro Junior. Diretoria Atual: Presidente Fundador: Marcio Imperi Vice-Presidente: Pedro Henrique figueira Bocato Diretor Administrativo: Valerio Matiolli Marqueze Tesoureiro: Eglerston Chiarato

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

PREFEITURA DE MARIALVA AVISA: QUEM NÃO LIMPAR O TERRENO SERÁ MULTADO!




“É um problema de saúde pública”, afirma Secretário Edgar Zucoli

O problema é antigo, sério e preocupante. Terrenos baldios praticamente abandonados, com mato alto, lixo e entulhos fazem parte do cenário urbano de Marialva, transformando negativamente a paisagem e deixando a cidade propensa à proliferação de animais peçonhentos como escorpiões, cobras e aranhas, focos do mosquito da dengue e até para ocultar pessoas mal intencionadas.

Além do mato alto, outro problema nos terrenos baldios é o lixo. Estes locais às vezes servem como depósitos de entulhos, galhos, restos de materiais de construção e até móveis velhos, que são ‘desovados’ por populares, vizinhos e usualmente por carroceiros que trabalham com limpeza de imóveis.

A prefeitura de Marialva publicou edital de chamamento, solicitando todos os contribuintes marialvenses que possuem terrenos cobertos de mato, pantanosos, com água stagnada ou servindo como depósito de lixo, para que tomem as devidas providências o mais breve possível. Quem não cumprir a determinação, poderá ser multado, conforme prevê a lei complementar 99/2010.

“Não queremos prejudicar ninguém, mas vivemos um momento em que Marialva poderá ter uma epidemia de dengue. A população em geral não pode ser prejudicada por conta de algumas pessoas. Então pedidos a compreensão de todos para evitar algo pior”, disse o Secretário de Administração, Edgar Zucoli, acrescentando que os terrenos baldios representam um problema de saúde pública, que terá atenção especial da administração.
Informações adicionais podem ser obtidas através do telefone: (44) 3232 8383

Prefeitura de Sarandi inaugura reservatório gigante



Nesta quinta-feira (31) às 9h30m a Prefeitura de Sarandi inaugura o gigantesco reservatório de 4 milhões de litros de água, o poço artesiano que vai abastecer o novo reservatório com capacidade de 200 mil litros de água por hora, a rede adutora de 2 mil metros distribuídos em um grande anel, ligados por 20mil metros de tubos de 200 e 300 milimetros.O reservatório fica no final da Avenida Rio de Janeiro.
Assessoria de Comunicação de Sarandi

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Governo articula ações para qualificar 10 mil trabalhadores para a Klabin



A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, realizou nesta segunda-feira (28/01), em Curitiba, uma reunião de trabalho com representantes de outras pastas e órgãos do Estado e equipes técnicas para avaliar o impacto social na região dos Campos Gerais durante o processo de implantação da nova fábrica da Klabin.

A Klabin fará o maior investimento privado da história do Estado e conta com os benefícios do programa Paraná Competitivo. A construção da nova fábrica de papel celulose da empresa, em Ortigueira, começa nos próximos 15 dias e deverá mobilizar 10 mil trabalhadores – oito mil ligados diretamente às obras. O projeto está orçado em R$ 6,8 bilhões.

“Vamos dar todo o apoio técnico aos municípios envolvidos, bem como, realizar o assessoramento dos gestores municipais na realização do cadastro de famílias, para que elas sejam acompanhadas e inseridas nossos programas sociais, entre eles o de qualificação profissional”, disse a secretária Fernanda Richa.

Na semana passada representantes do governo estadual e o gerente da empresa, Sales Bueno, se reuniram com prefeitos da região, no escritório da Secretaria da Família em Ponta Grossa, para um levantamento conjunto de demandas e suporte técnico/social necessários na contratação dos trabalhadores. Do encontro participaram ainda representantes do Senai.

Bueno afirmou que a empresa planeja contratar o máximo possível de mão de obra local. Segundo o executivo, as obras devem durar cerca de dois anos, com a conclusão prevista para o início de 2015. A planta vai beneficiar diretamente 12 cidades de uma das regiões com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Paraná.

A Secretaria da Família e Desenvolvimento Social participou das articulações referentes ao Plano de Capacitação Profissional que será implantado nos municípios de Telêmaco Borba, Ortigueira, Tibagi e Imbaú para atender a nova unidade da fábrica da Klabin.

De acordo com Fernanda Richa, os três últimos municípios são prioritários na implantação do programa Família Paranaense, por terem alto índice de famílias em situação de extrema vulnerabilidade social.

Fernanda Richa destacou que a atuação conjunta e ordenada de todas as secretarias estaduais vai garantir melhores resultados para a população. “É importantíssimo canalizar os esforços de todos envolvidos reafirmando o compromisso do Governo do Estado com o desenvolvimento social de toda a região”, afirmou.

REDE - Segundo o secretário do Trabalho, Emprego e Economia Solidária, Luiz Claudio Romanelli, as Agências do Trabalhador atuarão em rede para cadastrar trabalhadores dos 12 municípios participantes do projeto da nova unidade.

Além de selecionar, a secretaria também vai capacitar os trabalhadores. “A Klabin quer contratar mão de obra local, mas precisa de trabalhadores capacitados e vamos proporcionar esse treinamento”, disse Romanelli.

“É uma grande oportunidade para os moradores da região, porque serão abertas vagas em diversos setores, de trabalhadores da construção civil - carpinteiros, pedreiros, soldadores - a profissionais do setor de alimentação e de nível superior, como engenheiros e médicos do trabalho”, completou.

PARCERIA – A implantação do empreendimento é acompanhada por uma unidade de gerenciamento de projetos criada pelo governador Beto Richa, coordenada por secretários de Estado e presidentes de empresas públicas. A unidade trabalha em parceria com a Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep).

O grupo do governo estadual trabalha em conjunto com os diretores da empresa para discutir alternativas fiscais, ambientais, de infraestrutura e de qualificação profissional para viabilizar o empreendimento. A proposta envolve suporte na área social, com a construção de escolas, unidades de saúde e reforço no policiamento na região.

A ação envolve as seguintes secretarias: Trabalho, Indústria e Comércio, Fazenda, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Infraestrutura, Administração, Agricultura, Desenvolvimento Urbano, Casa Civil, Casa Militar, Administração dos Portos, Compagás, DER, Lactec, Fomento Paraná, Junta Comercial, Celepar, entre outros.

PROJETO - A nova unidade da Klabin no Paraná irá combinar a produção de celulose de fibra curta e de fibra longa. Com isso, a empresa atenderá toda a demanda de mercado do Brasil e poderá exportar para outros países.

A fábrica será construída em área própria da empresa, localizada na comunidade rural conhecida como Campina dos Pupo, a 15 quilômetros da área urbana de Ortigueira.

A Klabin já mantém uma unidade no Paraná, no município de Telêmaco Borba, onde produz papéis e cartões para embalagens, embalagens de papelão ondulado, sacos industriais e também comercializa madeira em toras.

DIVISÃO – Um convênio assinado no ano passado definiu a divisão do ICMS proveniente das operações da nova fábrica entre 12 cidades dos Campos Gerais e do Norte Pioneiro. São eles: Cândido de Abreu, Congoinhas, Curiúva, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Rio Branco do Ivaí, São Jerônimo da Serra, Sapopema, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

Pela divisão foi acordado que o município sede da indústria ficará com 50% do tributo e os 50% restantes serão partilhados entre todos os municípios fornecedores de matéria prima. A divisão atende critérios que consideram o volume de madeira enviado às fábricas da Klabin no Paraná, o número de habitantes e a evolução municipal do Índice Ipardes de Desempenho Municipal.
AEN

sábado, 26 de janeiro de 2013

AGUIAR ASSUME PREFEITURA DE SARANDI E CARLOS DE PAULA DEVERÁ RETORNAR NA PRÓXIMA SEMANA




O vice-prefeito Luiz Carlos Aguiar já tomou posse na prefeitura de Sarandi na tarde desta sexta-feira e deverá permanecer até o retorno de Carlos de Paula, que deverá acontecer já na próxima semana. Lembrando que Carlos de Paula foi afastado por determinação do Tribunal de Justiça do Paraná,atendendo pedido do Ministério Público e o motivo é referente a operação quadro negro desencadeada pelo GAECO.
copiado do blog do Valdir Costa

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

De Paula recorre para voltar e manda nota para imprensa



O coordenador do Gaeco do Paraná, promotor Leonir Batisti, acompanhou o oficial de justiça que entregou ao prefeito de Sarandi, Carlos Alberto de Paula (PDT), a decisão da Segunda Câmara Criminal do Tribunal de Justiça, que decidiu afastá-lo do cargo por conta das investigações sobre eventuais fraudes em licitação. De Paula foi notificado por volta das 11h30, meia hora depois de o site do Ministério Público ter publicado a decisão do TJ.
O recurso que busca o retorno do prefeito ao cargo, sob a alegação de que não há nada irregular na licitação que o Gaeco investigava (que nem chegou a ser realizada), está sendo apresentado no TJ-PR pelo advogado Guilherme de Salles Gonçalves.
por Rigon
Nota Assessoria Imprensa de Sarandi:
O Prefeito de Sarandi Carlos Alberto de Paula Junior surpreende-se com a decisão de afastamento do cargo tendo em vista que nenhum erro ou irregularidade foi confirmado no processo licitatório.
O Prefeito Carlos de Paula está providenciando medida judicial cabível para o seu retorno ao cargo.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Sarandi e Departamento Jurídico

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Nota de Esclarecimento da prefeitura de Sarandi


 A Prefeitura Municipal de Sarandi comunica que não há nenhum funcionário da administração preso ou detido. Dois funcionários foram ouvidos pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) durante a operação quadro negro, deflagrada no último dia 11. As investigações referem-se a fraudes em licitações.

A Administração não encontrou qualquer irregularidade nos editais da licitação em questão, mas aguarda o termino das investigações para tomar qualquer medida. Os funcionários retomaram suas atividades normais, já que não existe nada que possa desabonar a conduta dos mesmos até o momento.
Ao contrário do que está sendo noticiado não há nenhum empresário da cidade de Sarandi preso, os detidos são de Campinas.
A Prefeitura de Sarandi está acompanhando as investigações e como sempre vai manter a Transparência em todos os sentidos.
ASCOM

domingo, 20 de janeiro de 2013

Cinco municípios do Norte do Paraná têm 1º repasse do Fundo de Participação zerado


Cinco municípios da região Norte do Paraná tiveram o primeiro repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM) de 2013 zerado. Em todo o Estado, foram vinte municípios. O dinheiro se refere aos dez primeiros dias de janeiro. No entanto, as prefeituras ainda não receberam o valor por conta da retenção do parcelamento com o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e/ou com a Receita Federal. As informações são da Confederação Nacional dos Municípios.

No Norte do Paraná, Jacarezinho foi o município com o maior valor retido, de R$ 786.932,64. Bandeirantes aparece em segundo lugar, com R$ 699.495,68, seguido de Faxinal (R$ 437.184,80), Primeiro de Maio (R$ 349.747,84) e Califórnia (R$ 262.310,88).
A CNM luta, há alguns anos, pelo encontro de contas entre o governo federal e os Municípios. O governo federal deve aos municípios R$ 30 bilhões, enquanto a dívida dos municípios alcança R$ 25 bilhões.

A entidade usou os extratos do repasse do FPM para chegar a este resultado. Essa retenção do Fundo atingiu 6,9% do total de Municípios. A retenção está prevista na Constituição Federal de 1988, mais especificamente no artigo 160.

Em 24 Estados do País, 387 municípios tiveram o primeiro repasse zerado. Acre, Pará e Roraima foram os únicos Estados que não entraram na lista. Já São Paulo, Piauí e Rio Grande do Norte lideraram os casos que apresentam esse problema. Fram 79, 44 e 32 municípios, respectivamente.

Confira os demais municípios do Paraná que tiveram o FPM retido e os valores:

Antonina - R$ 524.621,76
Campina da Lagoa - R$ 437.184,80
Campo Magro - R$ 612.058,72
Céu Azul - R$ 349.747,84
Dois Vizinhos - R$ 699.495,68
Guaraqueçaba - R$ 262.310,88
Mangueirinha - R$ 437.184,80
Marechal Cândido Rondon - R$ 874.369,60
Morretes - R$ 437.184,80
Paiçandu - R$ 699.495,68
Quedas do Iguaçu - R$ 699.495,68
Rio Branco do Sul - R$ 699.495,68
Rondon - R$ 262.310,88
Santa Terezinha de Itaipu - R$ 524.621,76
São Miguel do Iguaçu - R$ 612.058,72
Fonte: O Diário

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Circo Maximus estreia espetáculo nesta sexta no Catuaí Maringá


O circo chegou ao Catuaí Maringá! O Circo Maximus, considerado um dos maiores da América Latina e premiado em vários festivais, abre as cortinas para o espetáculo a partir desta sexta-feira (18), às 20h30. As apresentações acontecem no picadeiro montado no estacionamento do Shopping, ao lado da praça de alimentação.

O show tem duração de 2 horas e conta com palhaços, trapezistas, taxí-maluco, bailarinas, equilibristas, aventuras com o Homem-Aranha, o impressionante Globo da Morte com cinco motos duelando espaço ao mesmo tempo, dentre várias atrações circenses.

A curta temporada do Circo Maximus no Shopping dura até fevereiro e as apresentações são feitas diariamente às 20h30. Aos sábados e domingos, sessões extras às 16h e 18h. Para crianças de 3 a 10 anos, os ingressos custam R$ 10; acima dessa idade, a entrada sai no valor de R$ 20.
Serviço:
O Circo Maximus estreia espetáculo no Catuaí Maringá nesta sexta (18), às 20h30. O valor do ingresso é R$10 para crianças de 3 a 10 anos; acima dessa idade, todos pagam R$ 20. As lojas do Shopping estão abertas de segunda a sábado, das 10 às 22 horas e aos domingos, das 14 às 20 horas. Praça de alimentação e lazer funcionam de segunda a domingo, a partir das 11 horas. Estacionamento do Shopping: R$ 5/diária.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2013

Governo destina R$ 17 milhões para área de saúde de Maringá



O secretário estadual da Saúde, Michele Caputo Neto, assinou nesta quarta-feira (16) convênios e ordens de serviços que destinam mais de R$ 17 milhões para a área da saúde de Maringá e região, no Noroeste do Estado. Somente para o Hospital Universitário (HU) da Universidade Estadual de Maringá são mais de R$ 9 milhões para obras do novo centro cirúrgico e do setor industrial da unidade.

Para a primeira etapa de obras, a Secretaria da Saúde repassou R$ 4,3 milhões ao HU. Serão construídas inicialmente três salas cirúrgicas e toda infraestrutura necessária para as outras cinco salas previstas. Hoje, o centro cirúrgico conta com apenas duas salas e passará a operar com 10, numa área total de 3.174 m2. A segunda fase das obras tem orçamento de R$ 3 milhões, já previstos para repasse ao hospital neste ano. Para as obras do setor industrial do HU serão repassados R$ 2 milhões.

“O HU é um hospital estratégico para a região e com os investimentos do governo vamos triplicar o número de salas de cirurgia e ampliar os leitos gerais para dar mais agilidade ao atendimento SUS na região”, disse o secretário ao assinar a ordem de serviço para a primeira fase de obras do novo centro cirúrgico.

Caputo Neto visitou ainda as obras do novo centro administrativo do hospital, iniciadas em 2011, e que, após a conclusão, vão liberar 20 leitos gerais para internação. A previsão é que as obras sejam concluídas ainda este ano.

Com o município de Maringá foi assinado convênio para repasse de R$ 2,8 milhões para pagamento de leitos psiquiátricos, integrando o município à Rede de Saúde Mental do Estado. O secretário anunciou ainda o credenciamento de 11 leitos para a área de saúde mental no Hospital Municipal Thelma Villanova Kasprowicz.

Também foi confirmado o repasse de R$ 4 milhões ao Cisamusep (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense) para a construção do Centro Regional de Especialidades em Maringá, para atender 30 municípios da região. O centro de especialidades é um novo projeto do governo do estado em parceria com os consórcios que vai reunir, no mesmo local, consultas e exames especializados e cirurgias eletivas ambulatoriais.
O secretário visitou ainda a 15ª Regional de Saúde e assinou o contrato para execução do projeto de reforma e ampliação da sede da Saúde em Maringá. A área total de reforma será de 1,7 mil metros quadrados e 2 mil metros quadrados de ampliação. As obras deverão ser iniciadas em 2014. 

Os deputados estaduais Evandro Junior e Dr. Batista acompanharam o secretário em sua agenda no município.

Estudantes poderão orientar municípios do Paraná na elaboração de projetos


Programa pretende melhorar a capacitação técnica de cidades mais carentes com a participação de alunos dos cursos de engenharia e arquitetura




Shutterstock
A Secretaria Especial de Relações com a Comunidade (Serc) do Paraná está desenvolvendo um estudo para viabilização de um programa para capacitação técnica das administrações municipais. A ideia é preparar alunos de arquitetura e engenharia civil para orientarem municípios mais carentes no desenvolvimento de projetos. O plano deve ser implantado neste semestre em parceria com as universidades estaduais de Londrina, Cascavel, Ponta Grossa e Maringá.
Conforme explica o secretário de Desenvolvimento Urbano Cézar Augusto Carollo Silvestri, da Secretaria de Desenvolvimento Urbano do Paraná (Seurb), a ausência de equipes técnicas qualificadas para elaboração de projetos nas prefeituras é a principal causa para a recusa na aprovação de financiamentos estaduais.
Para os próximos dois anos, a Seurb prevê orçamento de R$ 1,1 bilhão para financiamentos de obras de infraestrutura no Estado. O lançamento do programa deve facilitar o acesso a essas linhas de crédito, já que os técnicos contribuiriam com a elaboração correta de projetos, seguindo os critérios legais, arquitetônicos, ambientais, financeiros e de engenharia. Esses critérios são previstos na Lei Estadual 15.229/06, que determina os sistemas de diretrizes e bases do planejamento e desenvolvimento estadual.
Enquanto o programa não é lançado, o Paranacidade, Serviço Social Autônomo ligado à Seurb, disponibiliza uma cartilha explicativa sobre as etapas legais e projetos elegíveis para obtenção de financiamentos dos municípios do Estado. Destinado a prefeitos, secretários de estado e até vereadores, o texto auxilia na elaboração dos projetos, assim como documentação e procedimentos necessários para a aprovação de um empréstimo. Segundo o Paranacidade, a cartilha está disponível nos escritórios regionais da entidade.
pinweb

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

POSSE DECA NA AMUSEP EM MARIALVA





MOMENTOS DE GRANDE EMOÇÃO NA POSSE DO PREFEITO DECA DE MARIALVA COMO PRESIDENTE DA AMUSEP, A FILHA ANGÉLIA(BIOQUÍMICA) DECLAMOU A LINDA POESIA DE CASTRO ALVES " O PÁSSARO E A FLOR"
PARABÉNS DECA E SUCESSO!!!

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Posse de DECA na AMUSEP acontece hoje



O prefeito de Marialva, Edgar Silvestre - Deca, reeleito para a gestão 2013-2016, foi eleito por unanimidade para presidir a Amusep – Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense em 2013. A sua posse ocorre hoje, segunda-feira, dia 14, às 17h00h, no Cine Teatro Sônia Maria Silvestre Lopes.

Antes da posse, Deca visitou diversos municípios da Amusep. Na semana passada ele esteve com os prefeitos dos municípios de Iguaraçu, Munhoz de Melo, Santa Fé, Santo Inácio, Nossa Senhora das Graças, Ângulo, Atalaia, Flórida, Lobato, Uniflor, Nova Esperança, Presidente Castelo Branco, Floraí, Mandaguaçu, Ourizona, São Jorge do Ivaí, Doutor Camargo, Ivatuba, Floresta, Itambé e Paiçandu.

Nos próximos dias Deca continuará as visitas. Ele quer visitar todos os prefeitos e municípios no início da sua gestão.

“A Amusep hoje é referência graças ao trabalho de um grupo. Os prefeitos podem contar com apoio total de nossa associação. Estou feliz e orgulhoso em ocupar cargo de tamanha importância. Estejam certos de que farei o melhor possível”, afirmou Deca, que é o primeiro prefeito de Marialva a presidir a entidade.

Diretoria 2013

A nova diretoria da Amusep tem como presidente o prefeito de Marialva, Edgar Silvestre (Deca). O prefeito de Floresta, José Roberto Ruiz, é o 1º vice-presidente. O prefeito de Itambé, Antonio Carlos Zampar, é o 2º vice-presidente.

O Conselho Fiscal está constituído pelos seguintes prefeitos: Colorado, Joaquim Horácio Rodrigues; Floraí, Fausto Eduardo Herradon; Lobato, Fabio Chicaroli; Munhoz de Melo, Geraldo Gomes (Gera); Sarandi, Carlos Alberto de Paula Júnior. Suplentes: Atalaia, Fábio Fumagalli Vilhena de Paiva; Doutor Camargo, Sergio Borges dos Reis; Presidente Castelo Branco, Gisele Potila Faccim; Iguaraçu, Sebastião Aurélio da Silva (Tião Aurélio); São Jorge do Ivaí, André Luis Bovo.

Prioridade

A prioridade do prefeito Deca na presidência da Amusep será a participação maciça dos prefeitos nas reuniões e atividades da associação. Nas visitas ele tem colocado que este é passo mais importante para um ano de muito trabalho e conquistas para os municípios e para a região.

Deca está elaborando, junto com os prefeitos, um calendário de reuniões ordinárias, a cada mês, facilitando o agendamento e as presenças dos prefeitos e vices, em todas as reuniões.

Para o presidente, manter a liderança e o conceito de ser uma das melhores associações de municípios do Paraná e do país será um grande desafio dos prefeitos da Amusep, em 2013.

Maiores informações: (44) 3232 8354.

domingo, 13 de janeiro de 2013

IPVA fica 11,4% mais barato para automóveis de passeio no Paraná




O governo estadual divulgou nesta terça-feira (11) a tabela para consulta dos valores para o recolhimento do Imposto Sobre Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) no Paraná no exercício 2013. A tabela traz reduções de até 11,4% para automóveis de passeio sobre o valor venal, que é a base de cálculo de impostos do governo.
O calendário de vencimentos do IPVA 2013 começa em fevereiro para aqueles que optarem pelo pagamento com desconto de 5%. O recolhimento também pode ser feito à vista, porém, sem desconto, ou em parcelas – de acordo com o final da placa – entres os meses de março e julho.
As caminhonetes e utilitários terão uma redução de até 8,4%; a redução para caminhões será de 9%. Já as motocicletas terão redução de 0,9% e os ônibus de 8,6%. De acordo com o governador, o Paraná é um dos estados com o IPVA mais barato do país.
Alíquotas
A alíquota do imposto no estado foi mantida em 1% do valor do veículo para ônibus, microônibus, caminhões e carros movidos a gás natural. O índice de cálculo para motocicletas e similares, automóveis e caminhonetes foi de 2,5% sobre o valor venal do bem.
Veja valores venais dos veículos
Para calcular o valor do imposto, faça como no exemplo abaixo:
Valor venal do veículo: (exemplo: R$ 20.050)
Alíquota: 2,5%
Cálculo: 20.050 x 0,025 (R$ 501,25 é o valor que será cobrado no IPVA)
Pagamento
Um automóvel básico com o valor venal estipulado em R$ 14 mil, conforme a tabela Fipe, irá pagar R$ 350,00 de IPVA em 2013. Já para um carro médio, avaliado em R$ 30,5 mil, o imposto será de R$ 760,00. Os veículos maiores com preço médio de R$ 90,8 mil serão tributados em R$ 2.270,00.
As guias para pagamento estarão disponíveis na seção “Consulta a débitos e guias para o IPVA”, no site da Secretaria da Fazenda. O pagamento do IPVA poderá ser feito nas agências dos bancos credenciados – Banco do Brasil, Bradesco, Itaú e Sicredi – apenas com o número do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam). Com o boleto disponível no portal, o pagamento poderá ser efetuado em qualquer banco ou autorizados.

Atenção produtores rurais de Marialva: notas fiscais devem ser apresentadas até 30 de março




Os produtores devem procurar, com urgência, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente

O Governo Municipal de Marialva, através da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, está comunicando os produtores rurais do município a respeito de norma divulgada pelo Governo do Estado.

De acordo com informações da coordenação da receita e coordenação de assuntos econômicos, para efeitos da elaboração do RPP – Relatório de Produtos Primários que compõe o IPM (Índice de Participação dos Municípios) do ano base 2012 com vigência no exercício de 2014, serão consideradas apenas as Notas Fiscais de Produtor com prestação de contas registradas no SPR – Sistema de Produtor Rural, até 30/03/13.

Os valores referentes às notas fiscais lançadas após essa data, não poderão ser requeridos mediante recurso e não serão computados no cálculo do índice.

As notas fiscais expedidas durante 2012 e que não forem devolvidas, serão cobradas pela Receita Estadual do Paraná.

Os produtores devem procurar, com urgência, a Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente, que atende de segunda a sexta-feira, das 08h00 as 11h30, e das 13h30 as 17h00. O endereço é Avenida Cristóvão Colombo, nº 1.527.

Maiores informações: (44) 3232 4443 – João Roberto de Sá.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Mais um bairro vai ser asfaltado em Sarandi



O Prefeito de Sarandi Carlos Alberto do Paula Junior se reuniu com moradores do Jardim Monte Rey I para discutir o asfalto comunitário para o bairro.
Ficou decidido que no dia 8 de março será apresentada a planilha de custos para ser aprovada e a pavimentação ser iniciada.

Assistência Social de Marialva abre inscrições para diversos cursos gratuitos




  
Manicure e pedicure, área de confeitaria (doces e salgados), corte e costura, costura industrial, informática introdutória e design gráfico são as opções

A Prefeitura Municipal de Marialva através da Secretaria de Assistência Social, está com inscrições abertas para diversos cursos gratuitos. É cobrada somente uma taxa de inscrição no valor de R$ 15,00 (quinze reais).

Há diversas vagas para os cursos de: manicure e pedicure, área de confeitaria (doces e salgados), corte e costura, costura industrial, informática introdutória e design gráfico.

Os interessados devem comparecer a Secretaria (Centro Social Urbano), de segunda a sexta-feira, das 08h00 as 11h30, e das 13h30 as 17h00, munidos de documentos pessoais e comprovante de residência. O endereço é Rua Rotary, nº 241. No momento da inscrição é possível escolher horários e turmas.

De acordo com a Secretária de Assistência Social, Maria Ângela Martins Molina Silvestre – a Mari, as aulas terão início dia 04 de fevereiro. “O objetivo da nossa Secretaria é promover as famílias marialvenses, oferecer condições para que as pessoas possam se profissionalizar em determinadas áreas, montar seu próprio negócio, empreender... Todas as ações são realizadas com a anuência e apoio do nosso Prefeito, Edgar Silvestre – o Deca”, disse.

As inscrições serão realizadas até o dia 31 de janeiro.

Maiores informações: (44) 3232 8354.

Posse de Deca prefeito de Marialva como presidente da Amusep acontece na segunda-feira




  
Cerimônia será realizada no Cine Teatro Sônia Silvestre, a partir das 17h00

O Prefeito de Marialva, Edgar Silveste – Deca foi escolhido para presidir a Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense (Amusep) em 2013. A eleição da mesa diretora ocorreu na quinta-feira (3) e teve apenas uma chapa inscrita.

Foram eleitos: o prefeito de Floresta, José Roberto Ruiz, primeiro vice-presidente; e o prefeito de Itambé, Antônio Carlos Zampar, segundo vice-presidente. Deca substitui o ex-prefeito de Ivatuba, Vanderlei Santini.

A eleição contou com a presença dos representantes dos 30 municípios que compõem a entidade.

“A Amusep hoje é referência graças ao trabalho de um grupo. Os prefeitos podem contar com apoio total de nossa associação. Me sinto feliz e orgulhoso em ocupar cargo de tamanha importância. Estejam certos de que farei o melhor possível ”, afirmou Deca, que é o primeiro prefeito de Marialva a presidir a entidade.

Cerimônia de posse

A posse da nova diretoria da Amusep está marcada para a próxima segunda-feira, 14 de janeiro, a partir das 17h00, no Cine Teatro Sônia Maria Silvestre Lopes, em Marialva. O evento é aberto ao público.

Maiores informações: (44) 3232 8354.

Inscrições abertas para Grupo de Mães em Marialva



Os encontros serão semanais, sempre no período da manhã

O Governo Municipal de Marialva, através da Secretaria de Assistência Social informa que estão abertas as inscrições para o Grupo de Mães 2013.

Podem se inscrever, gestantes que residam em Marialva e que não possuam condições financeiras de adquirir o enxoval do bebê.

Após o cadastro inicial, uma Assistente Social realizará visita à residência da gestante para conferir se a mesma se enquadra no grupo.

Os encontros serão semanais, sempre no período da manhã, além de aulas mensais para a confecção dos enxovais e orientações sobre saúde na gestação, cuidados com o bebê e preparação psicológica.

Ao final dos encontros, todo o material produzido é levado pelas participantes. “Um enxoval completo é montado durante o curso, e ao final, todas ganham de presente. Todo o material é de excelente qualidade. Além do mais, as orientações e informações que as gestantes recebem, são de extrema importância para o relacionamento mãe x criança”, afirmou a Secretária de Assistência Social, Maria Ângela Martins Molina Silvestre – a Mari.

O Grupo de Mães 2013 terá início no dia 04 de fevereiro.

Maiores informações: (44) 3232 1072.

Municípios têm orientação do Estado para elaboração de projetos



A elaboração e apresentação de projetos, de acordo com as normas definidas pelos governos federal e estadual, podem garantir aos municípios obras e recurso, inclusive a fundo perdido. Para isso, o Governo do Paraná oferta às prefeituras assessoria técnica e manuais orientando o passo a passo na elaboração de projetos para áreas como saúde, pavimentação viária e construção de escolas.

Uma das formas que o governo ajudará os municípios será iniciada neste semestre com a implantação de um programa que utiliza professores e estudantes universitários na capacitação técnica das administrações municipais. O objetivo é auxiliar no desenvolvimento de projetos que possam trazer recursos financeiros para as cidades. Os alunos serão de áreas como engenharia, arquitetura e saúde.

Pelo contrato, os acadêmicos irão receber bolsas de estudos para percorrer os municípios paranaenses menos desenvolvidos e que necessitem de ajuda nas políticas públicas. A Secretaria Especial de Relações com a Comunidade (Serc) formalizou neste ano convênios com as universidades estaduais de Londrina, Cascavel, Ponta Grossa e Maringá.

O secretário especial de Relações com a Comunidade, René Pereira da Costa, lembra também que muitos recursos não chegam às comunidades carentes por falta de bons projetos. “As universidades detêm o conhecimento. É um novo modelo de gestão que busca na competência de professores e servidores a possibilidade de elaboração dos projetos para as prefeituras”, afirmou.

OBRAS PÚBLICAS - Para os próximos dois anos, a Secretaria do Desenvolvimento Urbano, por meio do Paranacidade, vai contar com R$ 1,1 bilhão para financiar obras de infraestrutura nos municípios paranaenses. Para acessar essas linhas de crédito, é necessário que a administração municipal apresente projeto seguindo critérios legais, arquitetônicos, ambientais, financeiros e de engenharia estabelecidos por regulamento.

Neste mês, o Paranacidade lançou um manual explicando as etapas legais e os projetos elegíveis para os municípios. A cartilha será distribuída para todas as prefeituras do Estado. Por intermédio dos escritórios regionais do Paranacidade, os municípios podem obter orientações sobre como elaborar corretamente os projetos e também quais as demais documentações e procedimentos necessários para conseguir a aprovação de um pedido de financiamento.


Os documentos e as normas do projeto variam da modalidade de investimento que a administração municipal optar. Entre os projetos financiáveis estão escolas, postos de saúde, rede de esgoto, unidades habitacionais, centros de lazer, redes de captação e tratamento de água, terminal de ônibus, pavimentação, recape asfáltico, gestão de resíduos sólidos, preservação de área ambiental, entre outros.

Outra modalidade de projeto financiável é o aperfeiçoamento e profissionalização da gestão municipal. Através da apresentação de projeto, justificando o investimento, a prefeitura poderá obter recursos para melhorar a estrutura operacional, a gestão tributária e de planejamento, além de capacitar servidores. Nos últimos dois anos, a Sedu/Paranacidade liberou R$ 500 milhões em recursos financeiros aos municípios, a meta para os dois próximos anos é duplicar esse valor.


SAÚDE - Na área de saúde pública, em 2013, o governo estadual vai ofertar aos municípios recursos para construção e ampliação de 150 Unidades Básicas de Saúde. Os valores repassados irão variar de R$ 200 mil a R$ 500 mil. “Os prefeitos precisam saber que o governo tem recursos disponíveis para dar suporte ao sistema de saúde municipal. É preciso interesse dos administradores”, disse Isaías Cantoia, diretor de apoio à Descentralização da Sesa.

Para pleitear as obras, os prefeitos precisam apresentar à Secretaria da Saúde (Sesa) projeto de engenharia que atenda alguns requisitos mínimos, como metragem adequada, acessibilidade, consultórios adequados, sala exclusiva para vacinas, entre outras exigências. Em 2011 e 2012, foram garantidas obras de 140 unidades de saúde. Mesmo assim, muitas prefeituras deixaram de receber os investimentos por não apresentarem projetos nas normas e prazos definidos.


No mês de março de 2013, a Saúde organizará em Curitiba um evento para orientar os secretários municipais de saúde das exigências do Estado e da União para o repasse de recursos, além de debater questões de legislação e sistemas operacionais do setor.
Fonte AEN

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

Cisamusep elege diretoria e aumenta orçamento para 2013 em 33%.




Os prefeitos da região estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira (6) e elegeram diretoria do Consórcio Público Intermunicipal de Saúde do Setentrião Paranaense (Cisamusep), Os prefeitos também aprovaram o orçamento do ano que vem para o consórcio, aprovando um aumento de 33%, sinalizando para a ampliação dos serviços de saúde em consultas e procedimentos especializados para a população dos 30 municípios associados.
O valor pago pelos municípios subiu de R$ 0,15 por habitante/mês para R$ 0,20. A Linha Saúde, que realiza o transporte de pacientes, teve uma redução do valor per capita de R$ 55,00 para R$ 35,00.
Diretoria - O prefeito de Mandaguaçu, Ismael Ibraim Fouani, foi eleito presidente da gestão 2013-2014 do Cisamusep, tendo como vice-presidente o prefeito de Maringá, Carlos Roberto Pupin. O prefeito de Sarandi, Carlos Alberto de Paula Júnior, será o 1º secretário, e o prefeito de Ourizona, Janilson Marcos Donasan, o 2º secretário.
O conselho fiscal do Cisamusep terá como presidente o prefeito de Marialva, Edgar Silvestre (Deca). O vice-presidente será o prefeito de Itambé, Antonio Carlos Zampar. O secretário será o prefeito de Lobato, Fabio Chicaroli. Os suplentes são os prefeitos Jairo Augusto Parron (Itaguajé), Antonio Zanchetti Netto (Uniflor) e Arquimedes Ziroldo, o Bega (Astorga).
Na foto, o presidente do Cisamusep (2011-2012), Silvio Barros, prefeito de Maringá; o presidente da Amusep, Vanderlei Santini, prefeito de Ivatuba, e o presidente eleito do Cisamusep (2013-2014), Ismael Ibraim Fouani.

Fonter: Diniz Neto.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Concurso Correios 2013

Os Correios vão ampliar seu quadro de pessoal em pelo menos 9.904 novas vagas, conforme a autorização dada em 27 de junho de 2012 pelo Ministério do Planejamento. No momento, a empresa analisa as demandas existentes em todo o país, mas as contratações serão iniciadas pela convocação paulatina dos aprovados no concurso ainda em vigor, enquadrados no cadastro reserva. Após essa medida, será traçada a estratégia para abertura do novo concurso no primeiro trimestre de 2013, oferecendo pelo menos 6,6 mil vagas, que atenderão justamente aquelas localidades e cargos que não possuíam cadastro de reserva disponível.
Material de estudo
Apostilas Impressas/Digitais: Impressa R$ 25,00 e Digital R$ 15,00
Curso completo para o Concurso Correios a partir de 12x de R$ 14,95
Provas de concursos anteriores dos Correios
A maioria das vagas aprovadas pelo MPOG destina-se para a área operacional da empresa (carteiros e operadores de triagem e transbordo). A portaria ministerial estabelece que o preenchimento dessas vagas se dê de forma escalonada, sendo 3.302 vagas para contratação imediata (a partir de 1º de julho), 3.301 a partir de 1º de janeiro de 2013 e 3.301 a partir de 1º de abril de 2013.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

Pupin reafirma compromisso com o desenvolvimento regional e o prefeito de Marialva DECA assume AMUSEP




O prefeito Roberto Pupin participou nesta quinta-feira (3), da eleição da nova diretoria da Amusepreafirmando o compromisso de trabalhar pelo desenvolvimento de todos os municípios da regiãoForam eleitos o prefeito de MarialvaEdgar Silvestreo Decacomo presidenteo prefeito de FlorestaJosé Roberto Ruiz primeiro vice-presidente e o prefeito de ItambéAntônio Carlos Zamparsegundo vice-presidenteParticiparam da eleição prefeitos de 30 municípios da região.
Pupin agradeceu a presença dos prefeitos na eleição e adiantou o apoio à Amusep e a todos os municípios da região. “Vamos trabalhar no suporte ao desenvolvimento regionalcom todos os municípios crescendo estruturadose para isso temos a Amusepuma associação modelo para todo o Brasil que precisa da participação de todos os gestores”, disse o prefeito de Maringá.
O prefeito Edgar Silvestre falou da importância da Amusep para os municípios e agradeceu o apoio de Pupin. “Contamos com o apoio de Maringáagradeço pessoalmente em nome de todos os prefeitos a proposta de Pupin em trabalhar pelo desenvolvimento de toda a região”, afirmou DecaEle convidou os prefeitosvicesprimeiras damas e secretários municipais para a posse da nova diretoria na Amusepno dia 14 de janeiroem Marialva.
O ex-prefeito de IvatubaVanderlei Santinipresidente da Amusepagradeceu o apoio que recebeu durante seu mandato a frente da associaçãodestacou a dedicação do ex-prefeito Silvio Barros e de todos os ex-presidentes da entidade na consolidação da Amusep. “Hoje somos referência graças ao trabalho de cada ume prefeitos contem com a Amusep para o assessoramento de seus municípios”, afirmou.