quarta-feira, 17 de outubro de 2012


‘É no teatro que o ator se exercita em profundidade’, diz Antonio Fagundes

Com quase 50 anos de carreira, ator acredita que a interação com a plateia durante o espetáculo faz do teatro uma arte excepcional.


Com 46 anos de carreira e mais de 20 novelas e 40 peças e filmes no currículo,Antonio Fagundes é um ator que valoriza os palcos. “É no teatro que o ator se exercita em profundidade. É lá que você reage e interage diariamente, podendo aprofundar cada vez mais o texto até o último dia de temporada”, afirma. Para ele, é preciso que o intérprete esteja disposto a dedicar meses ou até mesmo anos a uma única peça.
Apesar do longo tempo de preparação, errar em cena às vezes é inevitável. “Todas as vezes que eu errei, e já errei muito, a plateia foi absolutamente solidária. Ela adora perceber o erro, porque se dá conta de que aquilo com que estava tão envolvida é só teatro. E isso é muito bom de a gente descobrir”, diz Fagundes.
O ator acredita que o trabalho na televisão é exatamente o oposto. Diante da necessidade de colocar um capítulo no ar, a rapidez é uma exigência. “É isso que me estimula”, conta. A capacidade de Fagundes para decorar o texto é invejada por muitos colegas de profissão. Ele toma conhecimento das cenas apenas quando chega ao estúdio. “Tenho uma concentração absoluta na hora de gravar. Quando olho para aquele texto, ele é a única coisa que tem no universo”, destaca.
Na televisão, Fagundes interpretou tão bem alguns personagens que acabou ficando associado a eles. “As pessoas me colocaram alguns rótulos. Por causa deles, eu já fiz muitos coronéis, muitos italianos e muitos galãs, mas só fiz uma ou duas comédias. Se as pessoas tivessem me visto no teatro, veriam que sou um ótimo comediante”, afirma.
A Globo News ainda vai exibir outros dois episódios da série Grandes Atores 2012: José Wilker (23 de outubro) e Nelson Xavier (30 de outubro).

Nenhum comentário:

Postar um comentário