segunda-feira, 10 de setembro de 2012

SUS promove concurso cultural para tatuadores e manicures



As inscrições podem ser feitas até o dia 20 de setembro

Com o intuito de prevenir as hepatites virais, o Ministério da Saúde lançou o Concurso Cultural “Arte, Prevenção e Hepatites Virais” para tatuadores e manicures. A campanha, que distribuirá prêmios, quer fazer desses profissionais mobilizadores e produtores de obras criativas com foco na prevenção das hepatites B e C.

Para participar do concurso o tatuador deve enviar um desenho digitalizado (300 dpi) e a manicure deve enviar uma foto da unha artística, ambos com o tema sobre a prevenção das hepatites virais. Também é válido um relato de experiência no ambiente de trabalho relacionada às hepatites virais, com no máximo três mil caracteres.

Os trabalhos inscritos devem ter obrigatoriamente um dos temas: prevenção no processo de trabalho caracterizando boas práticas (higiene, segurança e informação) de cuidados com o profissional e cuidados com o cliente; incentivo ao uso de preservativo; incentivo ao teste para as hepatites B e C; prevenção da transmissão vertical; prevenção das hepatites virais entre usuários de drogas.
Para acessar o edital e a descrição das premiações acesse: www.aids.gov.br/artehepatites

As inscrições para o concurso podem ser feitas até o dia 20 de setembro. Serão premiados do 1º ao 15º lugar. Os três primeiros colocados receberão prêmios em dinheiro (R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil) e um equipamento autoclave cada. Os classificados do 4º ao 15º lugar receberão televisores LCD. 

Segundo o coordenador do programa estadual de Controle das Hepatites Virais, Renato Lopes, a transmissão das hepatites em salões de beleza e tatuagem pode acontecer através do compartilhamento de objetos não esterilizados por parte de manicures e tatuadores.

“Com a realização de atividades artísticas é possível abordar temas complicados de forma mais aberta. Para a hepatite B existe vacina disponível na rede pública, para a hepatite C não, por isso ações de prevenção continuam sendo fundamentais”, enfatiza Lopes. 




Nenhum comentário:

Postar um comentário