segunda-feira, 6 de agosto de 2012

Um dia triste de ser lembrado


Hiroshima a primeira cidade japonesa atingida pela bomba atômica, lançada pelos Estados Unidos contra o Japão, durante a 2ª Guerra Mundial, em agosto de 1945, homenageou hoje (seis de agosto) as mais de 200 mil vítimas ceifadas de maneira cruel e desumana, três dias depois a cidade de Nagasaki também foi igualmente destruída.

Os manifestantes se reuniram no Parque Memorial da Paz de Hiroshima, onde fizeram um minuto de silêncio.
Mesmo depois de tanto tempo (67 anos) acontecem cerimônias em homenagem a essas vítimas, que não são esquecidas pelo povo japonês e pelo mundo.

A bomba atômica é uma arma explosiva cuja energia provém de uma reação nuclear, por isso é denominada de bomba nuclear. Seu efeito devastador é capaz de destruir grandes cidades, causando estragos irreversíveis. Apesar dela não ter sido criada pelos japoneses, eles foram os primeiros e únicos a sofrerem os efeitos desta força negativa criada pelo próprio homem.

A construção e o uso da bomba atômica fizeram o homem ter uma idéia diferente de poder, morte e duração no mundo. Atualmente, as maiores potências mundiais buscam o chamado “poder bélico”, que consiste na aquisição das técnicas de destruição mais eficazes e precisas. Nações que possuem tal poder são mais respeitadas no âmbito político.

Nenhum comentário:

Postar um comentário