quinta-feira, 30 de agosto de 2012

Propaganda eleitoral gratuita no horário nobre supera audiência do "Jornal Nacional"



Na última segunda-feira (27/8), a audiência da faixa destinada ao Horário Político no horário nobre, de 20h30 às 21h, foi superior a do "Jornal Nacional", informou o portal Na Telinha. Mesmo considerado prejudicial pela maior parte dos diretores de emissora de televisão, o Horário Eleitoral Gratuito tem chamado atenção com seus índices altos.



Mesmo considerado prejudicial pela maior parte dos diretores de emissora de televisão, o horário eleitoral gratuito tem chamado atenção com seus índices altos. O desempenho da propaganda partidária está se destacando a partir da análise da grade dos canais como um todo. 

Globo
As propostas dos candidatos à prefeitura de São Paulo registraram 26 pontos de média contra 25 das notícias apresentadas por William Bonner e Patrícia Poeta. O número foi o terceiro mais expressivo de toda a grade, posicionando-se atrás apenas da novela "Avenida Brasil", com 44 pontos, e "Cheias de Charme", com 32. A justificativa é que o programa político tem servido de "sala" para os telespectadores de "Avenida Brasil".
SBT
Ainda considerando os números de segunda, o horário político do horário nobre foi a segunda maior audiência do dia, com 7 pontos de média, atrás apenas de "Carrossel", que teve 15 pontos. "Chaves", "Programa do Ratinho" e "Bom Dia & Cia"  ficaram com 6, 5 e 4 pontos respectivamente.

Record
A emissora, por sua vez, tem o horário eleitoral com impactos praticamente nulos em sua grade. No horário nobre, o "Jornal da Record" teve 6 pontos de média, com a propaganda política com apenas 4. A novela "Rebelde", exibida logo na sequência, manteve os 4 pontos. O "Tudo a Ver", veiculado logo após, também rendeu 4 pontos. 
PORTAL DA IMPRENSA

Nenhum comentário:

Postar um comentário