quarta-feira, 27 de junho de 2012

Carreata anti-drogas mobiliza população marialvense



A carreata organizada através da iniciativa do COMAD (Conselho Municipal de Políticas Públicas sobre Álcool e outras Drogas), reuniu na manhã desta terça (26) um número grande de participantes com o propósito de chamar a atenção de toda a sociedade para o problema das drogas, que não está localizado em um espaço isolado, mas sim em todos os lugares, e as ações e envolvimento devem ser de toda a comunidade.

Estavam presentes além dos organizadores, autoridades de todos os segmentos da cidade, crianças e jovens estudantes, representantes de entidades, religiosos, professores e diretores de escolas, governo municipal e participantes.

Segundo a presidente do Comad, Rosi Maria Basseto Sena, o objetivo maior é conscientizar a sociedade sobre a importância de todos se unirem na luta contra o abuso do uso de drogas.

“Esta é apenas uma das muitas ações que faremos, vamos começar a trabalhar com capacitações em todas as áreas, palestras, mas o foco principal será trabalharmos a família, porque quando a família toma consciência é um passo a mais para se resolver o problema”, disse Rosi.

O Pe. Luiz Gonçalves Knupp da Paróquia Nossa Senhora de Fátima, de Marialva, estava presente, abençoou a carreata e falou da gravidade dessa questão que já é vista por todos, mas que alguns ainda insistem em desqualificar e até minimizar uma iniciativa desta.

“Tudo isso mostra a preocupação dos que vieram aqui, isso sempre tem uma repercussão da conscientização, e por outro lado a mobilização das forças sociais em vista desse grande drama vivido hoje no Brasil e em todo mundo. A família desestruturada não consegue lidar com toda essa problemática que acaba levando as pessoas ao consumo e alguns até mesmo à publicidade do uso de drogas”, afirma o padre.

Padre Luis lembra ainda que, quem chega a consumir uma substância que destrói a vida, é porque internamente e espiritualmente já se encontra destruído.

O Pastor e Presidente da Ordem dos Pastores, Nilson Macacari, da Igreja Assembléia de Deus, também envolvido e empenhado neste trabalho e projeto junto ao COMAD, lembrou que o problema não afeta só a nossa comunidade, mas praticamente todo o Brasil e o mundo.

“A preocupação é grande nesta questão, mas semeando essa boa ação comunitária, espero que possamos despertar um pouco mais nossos jovens nos dias de hoje. A família é fundamental, pois tudo parte de dentro de nossas casas, tem que observar melhor, ter mais cuidado com os filhos porque são nossos maiores bens”, concluiu.

A carreata se encerrou com um grande abraço ao redor da Praça Acústica, simbolizando o desejo de união e força entre todos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário