quarta-feira, 4 de abril de 2012

MANIFESTO DA SOCIEDADE RURAL DE MARINGÁ(SRM)

Em nome da Sociedade Rural de Maringá (SRM), manifesto o descontentamento da entidade com relação ao projeto de Lei nº 945/11, de autoria do deputado Hermas Brandão Junior (PSB), o qual institui a ExpoLondrina como a Feira Agropecuária Oficial do Estado do Paraná. O projeto é visto pela SRM como um desrespeito. Temos hoje um mapa do setor produtivo e cada região tem sua contribuição e importância. Aliás, as feiras agropecuárias são oportunidades de expor o que há de melhor em produção, mostra a capacidade não só do agronegócio, mas dos setores da indústria, comércio, serviços, agricultura familiar, entre outros. Eleger uma única Feira como a oficial do Paraná desmerece as demais realizadas dentro do segmento. Pecuária de corte, produção de grãos, as grandes cooperativas, por exemplo, não estão centralizadas na região de Londrina. O agronegócio está distribuído e todos os municípios contribuem com o crescimento do PIB estadual.
Maria Iraclézia de Araújo – presidente Sociedade Rural de Maringá 

Anexo, segue a carta de descontentamento enviada ao governador do Estado do Paraná,  Beto Richa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário