quarta-feira, 15 de junho de 2011

Prefeitura de Maringa Comad divulgam números e intensificam ações de Combate às Drogas

A Prefeitura de Maringá, através das secretarias de Assistência Social e Cidadania (Sasc) e de Saúde, em conjunto com o Conselho Municipal Antidrogas (Comad), estão programando diversas atividades para intensificar ações neste mês, em que é celebrado o Dia Internacional de Combate às Drogas, 26 de junho.
Para dar início aos trabalhos, a Diretoria de Programas Sobre Drogas divulgou números que mostram o crescimento do índice de usuários de drogas e a necessidade da intensificação do tratamento. O relatório circunstanciado mostra que o atendimento a usuários abaixo de 19 anos aumentou 110% comparando os números de janeiro a abril de 2010 e 2011.
O aumento dos atendimentos tem relação com o número de apreensões de crack, que triplicou de 2009 para 2010, passando de 55 para 154 quilos apreendidos.
A Sasc registrou no ano passado 6.756 pessoas atendidas na estrutura de tratamento ao consumo abusivo de álcool e drogas. O acompanhamento é feito a pacientes do CapsAD, Hospital Municipal, Hospital Psiquiátrico e em 7 comunidades terapêuticas. Do total de atendimentos registrados, 6.108 são homens e 648 são mulheres. O equivalente a 63%, apresentaram vício em crack e os outros 37% mostraram ter problemas com o consumo excessivo de álcool.
Somente no mês de abril deste ano foram registrados 556 atendimentos de usuários de drogas e álcool, sendo 503 homens e 53 mulheres. Deste total, 47% viciados em crack e 42% com problemas com álcool.
O secretário de Assistência Social e Cidadania, Ulisses Maia, ressalta a importância de reunir os representantes da rede que trabalham com o combate e a prevenção do uso de drogas. “Combater o uso de drogas é uma das prioridades da Prefeitura de Maringá. Temos desenvolvido várias ações junto à Diretoria de Programas Sobre Drogas, em parceria com outras secretarias e entidades, em busca desse objetivo”, destacou.
Segundo o diretor de Programas Sobre Drogas da Sasc, Vanderlei de Almeida Cesar, o plano de combate se concentra em duas ações. “A primeira é constituir políticas públicas na educação, saúde, ação social, esporte, cultura, lazer, infraestrutura urbana, capacitação e geração de empregos. A segunda está diretamente associada à conscientização e prevenção de jovens adolescentes, crianças e famílias sobre efeito das drogas”, afirmou.
Dentro da programação alusiva ao Dia Internacional de Combate às Drogas está confirmada a VIII Semana Municipal de Prevenção, de 15 de junho a 2 de julho, com a exibição de áudio-visual sobre o combate às drogas em igrejas, Unidades Básicas de Saúde e instituições de ensino. Durante este período também serão promovidas capacitações para funcionários da rede de assistência social e da área de saúde.
A presidente do Comad, Angela Cecília Medeiros Rezende Santos, reforçou a importância de ações conjuntas na prevenção e combate às drogas. “Convidamos a população a participar das atividades e nos ajudar a esclarecer, principalmente aos jovens, o mal causado pelas drogas. Com o apoio da sociedade e dos demais órgãos envolvidos podemos contribuir para diminuir esses números”, disse.
No Dia Internacional de Combate às Drogas (26) e nos dias 22 e 29 de junho, estão programadas ações de prevenção nas feiras livres. No dia 1º de julho os alunos do Ensino Médio serão convidados a participar de uma caminhada para ressaltar a importância da campanha de prevenção.
O encerramento das atividades vai ocorrer no dia 6 de julho, com a promoção do fórum Discutindo Responsabilidades e Fortalecendo a Rede e da mesa redonda com o tema Construindo a Política Estadual Sobre Drogas.

Serviço
Informações na Secretaria de Assistência Social e Cidadania, pelo telefone (44) 3221-6405.

Nenhum comentário:

Postar um comentário