quarta-feira, 13 de abril de 2011

Paixão de Cristo em Maringá

A encenação da Paixão de Cristo, realizada há 8 anos em Maringá, pretende reunir este ano um público de 40 mil pessoas
Ensaios, confecção de cenário, produção de figurinos e muito, muito trabalho. A Paixão de Cristo 2011 está a todo vapor e pretende reunir um público de aproximadamente 40 mil pessoas. Realizada pelo 8º ano consecutivo, a encenação tem se tornado uma das maiores do estado, atraindo para Maringá turistas, curiosos e, principalmente, aqueles que buscam uma maneira de renovar sua fé durante um dos períodos mais importantes da crença Católica.
Mais do que um espetáculo, a Paixão de Cristo é um acontecimento religioso, que relembra os últimos momentos de Jesus, antes da condenação e crucificação pelos romanos, além da ressurreição. Para Anselmo José, diretor da peça há 8 anos, a encenação é uma maneira de exteriorizar um momento belíssimo da fé católica para as pessoas que não tem contato com a Igreja.
O diretor acrescenta ainda que a encenação é um “momento de fé , amor e doação, que pode servir de consolo e esperança nos dias de fé tão apática em que vivemos atualmente. Mostrar o que o filho de Deus fez por nós gratuitamente pode nos encorajar a também, gratuitamente, doar o que de melhor nós temos, o amor”.
O trabalho é voluntário e grande parte dos atores são amadores, o que não diminui a grandiosidade do espetáculo. Para Ruy Gustavo, que encara o papel de Judas há 6 anos, a Paixão de Cristo é uma oportunidade única para realizar um experiência pessoal e espiritual. “Comecei a participar pelo convívio, pelo ambiente e, a partir da primeira apresentação, fui seduzido por Deus e encontrei o verdadeiro sentido da encenação. Mais do que uma peça a Paixão é um sacrifício pessoal em prol da evangelização”.


A encenação será realizada nos dias 20 e 22 de abril, às 20h, na Praça da Catedral.

Nenhum comentário:

Postar um comentário