quinta-feira, 7 de abril de 2011

Micro e pequena empresa é tema de encontro entre municípios no noroeste do Paraná

Sebrae/PR, municípios parceiros e autoridades políticas se reúnem para debater alternativas que devem promover o desenvolvimento de empresas amparadas pela Lei Geral O Sebrae/PR, por meio do Programa de Desenvolvimento Local Fundamentado na Lei Geral da Micro e Pequena Empresa, promove um encontro nesta sexta-feira, dia 8, das 9h45 às 12 horas, que vai reunir autoridades políticas e representantes de 27 municípios do noroeste do Paraná, participantes da proposta. O evento será realizado em Maringá e objetiva apresentar os resultados de ações executadas pelo Programa e debater o encaminhamento de propostas que nortearão ações futuras.
Para a ocasião, o Sebrae/PR prevê receber cerca de 100 pessoas, entre prefeitos, secretários municipais que atuam como gestores locais do Programa, agentes de desenvolvimento que articulam a execução da proposta entre o Sebrae/PR e os municípios, e líderes dos comitês municipais. “O encontro possibilitará a troca de experiências e a tomada de decisões para ações futuras. A meta é atingir os resultados previstos pelo Programa”, ressalta o consultor do Sebrae/PR, Cláudio Serrato.
O encontro também contará com a presença do secretário de Indústria, Comércio e Assuntos do Mercosul (SEIM) do Paraná, Ricardo Barros, que, recentemente, também assumiu o posto de presidente do Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná. Ricardo Barros vai apresentar os projetos que a SEIM está desenvolvendo em apoio às micro e pequenas empresas e aos municípios do Paraná.
Além do Ricardo Barros, o encontro também terá a participação do diretor geral da SEIM, Ercílio Santinoni, que apresentará o Fórum Permanente das Microempresas e Empresas de Pequeno Porte do Estado do Paraná. O maringaense, que também preside a Confederação Nacional da Micro e Pequena Indústria (Conampi), explicará a atuação do Fórum com o objetivo de esclarecer aos presentes sobre como os municípios podem integrar a iniciativa, encaminhando suas demandas para que o grupo de discussão busque soluções.
De acordo com Cláudio Serrato, os participantes também terão a oportunidade de conhecer o funcionamento da Sala do Empreendedor de Cascavel, resultado de uma das ações do Programa de Desenvolvimento Local. “É um caso de sucesso que deve ser compartilhado para estimular outros municípios a adotarem a prática que, ao reunir diversos serviços em um único local, desburocratiza o processo de atendimento aos empresários”, afirma o consultor do Sebrae/PR.

Nenhum comentário:

Postar um comentário