quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Projeto para extensão da Ferroeste ganha impulso

O governo federal deu sinal verde para que os governos do Paraná e do Mato Grosso do Sul tomem as primeiras medidas para levar adiante o projeto de construir um ramal ferroviário para interligar as malhas ferroviárias dos dois estados. O assunto foi discutido nesta quarta-feira (16), em Brasília, durante reunião entre os governadores Beto Richa e André Puccinelli (MS) e o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento.
Na reunião ficou decidido que os estudos de viabilidade para a execução da obra serão contratados pela estatal Valec Engenharia, Construções e Ferrovias S/A. O primeiro passo para isso é a elaboração do termo de referência, já autorizado pelos dois governadores, e que deverá ficar pronto em 30 dias.


O novo ramal ferroviário será uma extensão da Ferroeste, que passará por Guaíra e vai chegar a Maracaju (MS). A intenção é lançar o edital de licitação do projeto ainda no primeiro semestre deste ano.


"Foi uma reunião muito produtiva, que representou um passo adiante na realização desse projeto tão importante para o Paraná e para o Mato Grosso do Sul", avaliou o governador Beto Richa. "Toda a macrorregião formada pelos polos agrícolas dos dois estados será beneficiada, com reflexos positivos nas duas economias", disse Richa, lembrando que a ferrovia é um modal viário mais econômico e menos poluente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário