quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Nova pós prepara especialistas em gestão social no cesumar

Em 2010 estava prevista a aplicação de R$ 2,012 bilhões pela iniciativa privada em projetos sociais. Este dado consta no Censo do Grupo de Institutos, Fundações e Empresas (GIFE) sobre o Investimento Social Privado (ISP) e revela um aumento de 6,23% sobre o ano anterior. Neste contexto em que as empresas fortalecem se envolvem em projetos sociais, cresce também a demanda por profissionais aptos a lidar com a gestão dos mesmos. Na esfera pública, o governo federal anunciou no último mês que no Orçamento Geral da União para a área de assistência social os recursos saltarão de cerca de R$ 10 bilhões em 2002 para R$ 46 bilhões este ano.

Ciente do potencial desse mercado, o Cesumar lança um novo curso de especialização em Gestão de Projetos Sociais que abre leque para a atuação de pessoal não só nas empresas públicas e instituições do terceiro setor.

De acordo com a coordenadora Maria Cristina Cunha, existe uma lacuna para a formação de pessoas aptas a atuar também na iniciativa privada. "O grande diferencial deste curso é o atendimento também às questões privadas e do terceiro setor [ONGs, OSCIPs, fundações etc.]. Existe uma lacuna no serviço social para atender a gestão de projetos sociais fora da esfera pública".

O curso será ofertado semanalmente e terá duração de 360h. Cada módulo será ministrado aos sábados e entre os objetivos do curso está a qualificação para a gestão de políticas sociais em organizações públicas, privadas e não-governamentais. Maria Cristina explica ainda que as discussões que vão girar em torno das questões sociais devem estimular o debate e sensibilizar os alunos para aprofundar a pesquisa acadêmica. "Pretendemos criar um espaço acadêmico permanente para a reflexão, debate e pesquisa tendo como temática central a gestão social, contribuindo na formação dos especializandos para ingressarem nos programas de mestrado (stricto sensu)."

Outro aspecto em destaque no curso está na preparação de especialistas para atuar na gestão de projetos sociais, através de seu planejamento, captação de recursos, execução, monitoramento e avaliação. "Vamos trabalhar a gestão do ponto de vista financeiro também, garantindo a sustentabilidade e viabilidade dos projetos", explica a coordenadora.

Além de graduados em Serviço Social, pertencem ao público alvo da especialização formados em Comunicação, Psicologia, Administração, Pedagogia e áreas afins vinculadas ao setor público, privado ou do terceiro setor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário