segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Lançado projeto coleta seletiva de Mandaguari

A ARD (Agência Regional de Desenvolvimento), uma Oscip (Organização da Sociedade Civil de Interesse Público) apresentou na última sexta-feira (25) pó programa de Coleta Seletiva que está sendo implantado a partir desta semana em Mandaguari, numa parceria que envolve a Prefeitura e a Acaman (Associação dos Catadores de Mandaguari), com apoio da Câmara Municipal.
O evento contou com a presença do prefeito Cileninho, vice Cláudio Fachini, do presidente da ARD, Eduardo carvalho, do vice-presidente da Câmara Municipal, Claudinei Pimenta Luiz de Jesus, que vem trabalhando no Legislativo pela implantação do projeto, além dos vereadores Alécio do Cartório Bento da Silva Filho (presidente da Câmara), Marco Alípio Costa, João Jorge do Alambique Marques, Renaldo Pereira da Silva (Renaldinho da Farmácia) e Amaury Brianez. Também estiveram presentes secretários municipais, presidentes de associações de moradores, diretoras de escolas e creches e representantes de órgãos estaduais e clubes se serviço e da Igreja Católica.

O projeto foi apresentado pelo coordenador da Cocap (Cooperativa doa Catadores de Apucarana), Itamar Gomes de Oliveira, que está assessorando a ARD na implantação. “Precisamos da participação de todos e o mais importante já notamos aqui: O poder público está fazendo a sua parte”, frisou Oliveira. “Para manter a cidade limpa, realmente cada uma tem que fazer a sua parte, por isso pedimos à ARD para que acelerasse o processo”, lembrou o prefeito.

De acordo com os números apresentados, Mandaguari coleta 12 mil quilos de material reciclável por mês através da Acaman. O município destina para o aterro sanitário 6 mil quilos de lixo por dia.

Para iniciar a coleta seletiva está havendo uma mobilização social, além da aquisição de um caminhão específico. “Com isso, teremos aumento no volume de material reciclável, resultando em maior renda para os catadores, aumentando também a vida útil do aterro”, explicou Oliveira.

Fazem parte da estratégia do projeto as seguintes ações: Distribuição de folders da campanha para os clubes de serviço, igrejas, associações de bairros, escolas, empresas, comércio; entrega do kit cultura ambiental nas escolas, doação da tetra pak, para o mês de abril; e campanha de conscientização da importância da separação o lixo orgânico do material reciclável.

Nenhum comentário:

Postar um comentário