sexta-feira, 7 de janeiro de 2011

Beto Richa anuncia início de obras emergenciais de dragagem no Porto

O governador Beto Richa anunciou na manhã desta sexta-feira (7) em Paranaguá, após reunião com sindicalistas e trabalhadores portuários, o início das obras emergenciais de dragagem dos 20 berços de atracação do cais do Porto de Paranaguá. O investimento nas obras, que devem se iniciar até 20 de janeiro e durar em torno de 10 dias, é de R$ 2,5 milhões. Richa também autorizou o início dos estudos para a dragagem da bacia de evolução e do canal da Galheta, de entrada na baía de Paranaguá. Também serão feitos estudos para ampliação de 20 para 32 do número de berços no cais, o que aumentará em 60% a capacidade de movimentação de carga no Porto.
“Com menos de uma semana de governo, minha primeira viagem foi a Paranaguá, para demonstrar a importância do Porto em nosso Plano de Governo”, afirmou Richa. “Vamos fazer o possível para acelerar a modernização do Porto, vamos dar a volta por cima e colocar o Porto como referência nacional.”
INVESTIMENTO PRIVADO — No Porto, Richa anunciou um investimento de R$ 20 milhões, a ser feito pela cooperativa Cotriguaçu, para construção de um novo silo na área do Porto. “As empresas privadas voltaram a procurar o Estado, para investir, para criar empregos, e podem ter certeza de que encontrarão no Governo do Estado um parceiro”, disse o governador.
HOSPITAL REGIONAL — O governador visitou também o Hospital Regional de Paranaguá e anunciou medidas para a ocupação adequada da obra. No hospital, a ala construída para ser uma maternidade, está sendo usado para o almoxarifado. Os 22 leitos leitos disponibilizados para a especialidade fazem falta para clínica médica e cirurgia. A Secretaria de Estado da Saúde desenvolve projeto a construção de um novo almoxarifado.
Ainda na tarde desta sexta-feira, Richa visitará a base de Operação Verão e, no início da noite, abrirá a feira Sabores do Paraná, em Matinhos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário