quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Produtor marialvense mais uma vez na final do Concurso Melhor Café do Paraná

Yassumassa Assami disputa o prêmio na categoria de melhor café natural

Será realizada quinta-feira (4), no Parque Ney Braga, em Londrina, o encerramento da oitava edição do Prêmio Café Qualidade Paraná 2010. Após a premiação, os lotes vencedores serão vendidos em leilão, aberto a qualquer comprador interessado, pessoa física ou jurídica.

Concorreram no certame 240 produtores, a partir de seletivas regionais. Os cafeicultores disputaram nas categorias cereja descascado (a polpa do grão maduro é retirada, visando deixar o produto por menos tempo no terreiro) e café natural, em que o grão inteiro vai para a secagem.

Finalistas – Em ordem alfabética, os finalistas da categoria cereja descascado são Antônio Lázaro Leite (Nova Fátima); Carlos Roberto Massa (Apucarana); Luiz Saldanha Rodrigues (Jacarezinho) e Vera Regina Fraga de Oliveira (Jardim Alegre).

Disputam o prêmio de melhor café natural os produtores Alisson Francisco dos Santos (Grandes Rios); Benedito Lázaro Penachio (Jesuítas); Mirian Sioni Suzuki (Londrina); Valdir Rodrigues de Souza (Jandaia do Sul) e Yassumassa Assai (Marialva).

Dentre os competidores com “microlotes” (todos do tipo café natural), classificaram-se André H. S. Cudik (Santo Antonio da Platina); José Aparecido Sanches (Terra Boa); Leandro César Terna (Grandes Rios) e Zaldenir Gonçalves (Londrina).

Regulamento – O Prêmio Café Qualidade Paraná 2010 envolveu as regiões produtoras de Apucarana, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Ivaiporã, Londrina, Maringá, Santo Antonio da Platina e Toledo. Cada uma delas realizou um concurso local e selecionou o melhor lote de cada categoria para competir no certame de âmbito estadual. Neste ano, apenas as regionais de Umuarama e Paranavaí não tiveram concorrentes inscritos e deixaram de realizar o certame regional.

Os vencedores regionais foram avaliados por uma comissão julgadora integrada por experientes provadores do Paraná, São Paulo, Espírito Santo e Bahia – e receberam notas nos quesitos aroma, doçura, acidez, corpo, sabor, gosto remanescente e balanço da bebida. E os melhores se qualificaram para a cerimônia de premiação e, depois, venda em leilão.

Serviço

Prêmio Café Qualidade Paraná - Etapa Final.

Local: Parque Ney Braga (Recinto José Garcia Molina), em Londrina-PR.

Data: 4 de novembro (quinta-feira).

9h -Solenidade de abertura

9h30 - Palestra Técnica

10h15 - Divulgação dos resultados, premiação e início do leilão.
Fonte: Agência Estadual de Notícias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário