terça-feira, 23 de novembro de 2010

Estudo de Viabilidade do Trem Pé-Vermelho deverá ser apresentado no início de 2011





O grupo de articulação para instalação do Trem Pé-Vermelho no Norte do Paraná se reuniu na última segunda-feira (22), na Associação Comercial e Industrial de Apucarana e teve como objetivo discutir os próximos passos do projeto. Participaram do encontro representes de 7 dos 13 municípios pode onde deverá passar o trem de passageiros.
A reunião foi coordenada pelo diretor-executivo da Agência de Desenvolvimento Terra Roxa Investimentos, Alexandre Farina, pelo professor Paulo Roberto Thimóteo e pelo advogado Samuel Gomes. A Terra Roxa é a entidade responsável pela articulação do projeto na região.
Dentro em breve serão divulgados os resultados do Estudo de Viabilidade do trem, realizado em outubro pelo Laboratório de Trânsito (LabTran) da Universidade Federal de Santa Catarina, em parceria com as universidades estaduais de Londrina (UEL) e Maringá (UEM). O próximo passo será o início da articulação política com o governo federal e estadual, envolvendo senadores e deputados da região na discussão. "É essencial, neste momento, a articulação de lideranças políticas e institucionais de toda a região, para que possamos avançar neste projeto", destacou Alexandre Farina.
“Os dados da pesquisa estão sendo tabulados e o resultado de todo o estudo está previsto para ser divulgado no começo do próximo ano”, adiantou o coordenador executivo do projeto, Paulo Roberto Thimóteo. Ele sugeriu durante o encontro criado um comitê gestor para acompanhar todas as fases do projeto.
O advogado Samuel Gomes, que por quase oito anos dirigiu a Ferroeste, faz parte do grupo, disse que “para os próximos dias será agendada uma reunião com os técnicos da Universidade de Santa Catarina, para que sejam discutidos detalhes do relatório que será apresentado no início de 2011, o que atende a uma sugestão da equipe, o que será uma ótima oportunidade para que cada um dos treze municípios apresente adequações ao projeto, antecipando assim problemas futuros”, explicou.
O trem Pé-Vermelho está projetado para atender o trecho de Paiçandu a Ibiporã, cobrindo 13 municípios - Paiçandu, Maringá, Sarandi, Marialva, Mandaguari, Jandaia do Sul, Cambira, Apucarana, Arapongas, Rolândia, Cambé, Londrina e Ibiporã.

Um comentário:

  1. esse samuel já não havia sido expulso do governo?? matem esse cara pelo amor de Deus.

    ResponderExcluir