terça-feira, 7 de setembro de 2010

Requião é agredido em restaurante no litoral do Paraná

O ex-governador do Paraná e candidato ao Senado pelo Estado Roberto Requião (PMDB) foi agredido nessa segunda-feira pelo diretor comercial do Porto de Paranaguá, João Batista Lopes dos Santos, conhecido como João Feio, em um restaurante de Pontal do Paraná, no litoral do Estado. No local, cerca de 600 pessoas participavam de um evento da coligação "A união faz um novo amanhã". Segundo Santos, o concorrente ao Senado o provocou ao ofender o atual governador, Orlando Pessuti (PMDB), ex-vice de Requião e responsável pela nomeação do diretor no porto.
Em resposta, Santos criticou Eduardo Requião, irmão do ex-governador e ex-diretor do Porto, e deu dois tapas no rosto do ex-governador.
Roberto Requião deixou o local em seguida. No Twitter, o político escreveu que "a violência desnecessária é recurso dos fracos" e que tolera “força física só no esporte".
Redator: Rodolfo AlbieroDa Redação brasil@eband.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário