terça-feira, 7 de setembro de 2010

Prefeitura de mandaguari derruba casa para construção da perimetral

As máquinas da Prefeitura de Mandaguari derrubaram esta semana uma das quatro casas localizadas na área da Linha Férrea, em mais um passo importante para a construção da avenida perimetral. O primeiro passo foi entrar num acordo com a antiga Rede Ferroviária Federal e IPHAN (Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional). Com isso, o barracão metálico já tem autorização para ser retirado na área e uma das casas foi derrubada para abrir caminho para a via, que será o novo eixo econômico da cidade. Para o mesmo local, mais precisamente nas três residências restantes, o Departamento de Cultura da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Esporte e Lazer da Prefeitura de Mandaguari vai elaborar um projeto para a revitalização de um espaço que hoje pertence à União, que deverá ser cedido ao município, numa parceria com a Fafiman (Fundação Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Mandaguari).
Desde 2005, quando foi projetada a perimetral, a administração municipal conseguiu a retirada do pátio de manobras da ferrovia, que dividia a cidade em duas, e, recentemente, foi iniciada a urbanização, com galerias de águas pluviais e depois asfaltamento da Rua Dom Pedro II, que será o prolongamento da via que se estenderá desde a saída para Jandaia do Sul até a Travessa Tabatinga, próximo à rotatória que está sendo construída na BR-376, em frente ao Ponto-Atendimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário