quinta-feira, 2 de setembro de 2010

PF prende prefeito, primeira-dama, viceprefeito,9 vereadores, 4 secretários e mais 12 em Mato Grosso do Sul

A Polícia Federal prendeu ontem o prefeito de Dourados (MS), Ari Artuzi (PDT), a mulher dele, Maria Aparecida, o vice-prefeito, Carlos Roberto Bernardes, nove vereadores, quatro secretários municipais e mais 12 pessoas

– todos acusados de fraude em licitações, corrupção ativa e formação de quadrilha.
Investigações iniciadas em maio evidenciam que o prefeito chefiava um esquema de corrupção e cobrança
de propina para enriquecer e também para pagar vereadores em troca de apoio. Dez porcento do
valor de cada contrato fechado para a execução de obras ia para a quadrilha, formada também por
secretários municipais, empreiteiros, prestadores de serviços, vereadores e servidores públicos.
Entre os presos estão os secretários de Obras, de Finanças, de Administração e de Serviços Urbanos de
Dourados; o presidente e o vice-presidente da Câmara Municipal, Sidlei Alves da Silva (DEM) e José Carlos de  Souza (PSDB); o procurador-geral do município, Alziro Arnal Moreno, e um diretor do Hospital Evangélico.
Outras 38 pessoas foram levadas à delegacia da Polícia Federal para prestar depoimentos sobre o esquema.
Fonte: Brasilia Confidencial

Nenhum comentário:

Postar um comentário