quarta-feira, 7 de julho de 2010

Paraná tem 100 candidatos a mais nestas eleições

Curitiba – A disputa eleitoral no Paraná terá neste ano 100 candidatos a mais do que em 2006. De acordo com relação divulgada, nesta quarta-feira (7), pelo Tribunal Regional Eleitoral do estado (TRE-PR), foram apresentados 922 requerimentos de registro de candidatura. Segundo o coordenador de imprensa do TRE-PR, Marden Machado, o prazo para eventuais pedidos de impugnação se encerra no próximo dia 13 para os sete candidatos ao governo estadual, os 12 que disputam as duas vagas do Senado e para os 24 suplentes. O prazo vale também para as 289 candidaturas a deputado federal e os 583 candidatos a deputado estadual.
O Paraná continuará com o mesmo número de cadeiras na Câmara dos Deputados, num total de 30. A média para o cargo é de nove candidatos por vaga. Para a Assembleia Legislativa, a média de candidatos, por vaga, é de 10,7. São 54 vagas no total.
Disputam o Palácio Iguaçu: a coligação Novo Paraná, encabeçada pelo PSDB e integrada por 13 partidos – PSB, PP, DEM, PPS, PTB, PRB, PRP, PHS, PTC, PSDC, PTN, PSL e PMN – sendo Beto Richa o candidato a governador; a coligação PDT, PT, PMDB, PSC, PR e PCdoB, com Osmar Dias disputando o governo estadual; além dos candidatos Paulo Salamuni (PV), Luiz Felipe Bergmann (P-SOL), Amadeu Felipe da Luz Ferreira (PCB), Avanilson Araujo (PSTU) e Robinson de Paula (PRTB).
Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT) declararam ao TRE-PR os maiores patrimônios dentre os sete candidatos. Segundo Richa, seu patrimônio é de R$ 4,2 milhões e os bens de Osmar Dias foram avaliados em R$ 5,1 milhões.
O coordenador de imprensa disse que o tribunal pretende gastar um total de R$ 16,47 milhões nessas eleições. Estão cadastrados 7,6 milhões de eleitores no estado.
Agência Brasil

Nenhum comentário:

Postar um comentário