sexta-feira, 9 de julho de 2010

Em Maringa a Prefeitura convida comunidade para oficinas do plano de habitação

A Secretaria de Habitação inicia no próximo dia 16 de julho as sete oficinas do Plano Local de Habitação de Interesse Social, o PLHIS, uma exigência do Ministério das Cidades para os municípios receberem recursos para a construção de unidades habitacionais. A diferença com o PLHIS, explica o secretário Gilberto Delgado, é a possibilidade da população participar do planejamento dos projetos habitacionais e o município cumprir a legislação que exige a melhor forma de ocupação dos espaços urbanos dentro da necessidade apresentada pela comunidade.
Para realizar o Plano Local de Habitação de Interesse Social a cidade foi dividida em sete regiões, contemplando toda zona urbana e os dois distritos. Os debates isolados nas oficinas criam os subsídios para a criação de um plano municipal de habitação, que depois de elaborado vai ser levado a uma audiência pública. A oficina de implantação do PLHIS em Maringá foi realizada no dia 10 de junho, na Casa da Cultura do Jardim Alvorada, reunindo moradores e representantes de vários setores envolvidos com a questão habitacional no município.

A primeira oficina do PLHIS será na sexta-feira da próxima semana, dia 16 de julho, às 19 horas, na Escola Municipal Benedita Natália Lima, no Conjunto Santa Felicidade. A oficina vai discutir as necessidades da Região 5, que abrange a região entre a avenida Colombo, os bairros acima do Bosque 2, se estendendo até o Contorno Sul. A Região 5 abrange entre outros bairros a Zona 7, o centro, o Jardim Novo Horizonte e bairros próximos, e os bairros do entorno do antigo aeroporto, na Zona 8.

No sábado serão duas oficinas. A partir das 9 horas moradores da Região 4 se reúnem na Escola Municipal Professora Agmar dos Santos, no Conjunto Angelo Planas e às 13h30 a oficina será na Região 1, na Escola Municipal Pioneira Jesuína de Jesus Freitas, Vila Santa Izabel.

A Região 4 abrange a área a partir da avenida Colombo, bairros abaixo do Bosque 2 seguindo o fundo de vale do Córrego Cleópatra, até a região após o Contorno Sul e o novo aeroporto. A Região 1 engloba todos os bairros no entorno da avenida Mandacaru, a partir da Colombo e do campus da UEM até a zona rural na saída para Iguatemi.

No dia 19 de julho a oficina do PLHIS será para moradores da Região 2, a partir das 19 horas, na Escola Municipal Ariovaldo Moreno, no Jardim Alvorada. A Região 2 abrange os bairros no quadrilátero entre a avenida Colombo, os córregos Mandacaru e Morangueira e a zona rural na região da Venda 200.

Dia 20 de julho a oficina da Região 3 será também às 19 horas na Escola Municipal Olga Aiub Ferreira, no Conjunto Requião. Essa região abrange a área a partir da avenida Colombo até a divisa com Sarandi, os bairros a leste do Córrego Morangueira e a zona rural até os bairros no entorno da Estrada Guaiapó.

No dia 21 de julho a oficina reúne moradores de Iguatemi, São Domingos e Santa Terezinha, às 19 horas, na Escola Municipal Dona Angelina Lonardon Meneguetti, no distrito de Iguatemi. Dia 22 de julho a oficina será em Floriano, às 19 horas, na Escola Municipal Dona Lázaro Ribeiro Vilella. “É importante a participação de moradores, proprietários de áreas e imóveis nas regiões onde será feita a oficina para podermos fechar um programa com a participação da comunidade”, reforça o secretário de Habitação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário