segunda-feira, 12 de julho de 2010

A demissão de Herodoto Barbeiro

Arbitrariedade


Lendo os jornais desta semana deparei-me com uma notícia que me chamou a atenção. O jornalista Heródoto Barbeiro teria sido demitido do jornalismo da TV Cultura em São Paulo por fazer comentários sobre as estradas naquele estado e a situação dos pedágios. O que me causou mais revolta foi saber que o pedido para a sua demissão partiu nada mais, nada menos do aquele que aparece na TV, querendo passar ao povo brasileiro uma imagem de homem democrata, liberal e a favor da verdade e da liberdade de imprensa. Pois bem! O responsável pela demissão de Heródoto é o candidato à Presidência da República José Serra. E não para por aí. O coordenador de Jornalismo da emissora, o jornalista Gabriel Priolli, também foi demitido por citar os pedágios paulistas.

Tive a honra de ser aluna de Heródoto Barbeiro nos anos de 1979 e 1980 e já naquela época o achava um cara incrível. Reaprendi com ele a verdadeira História do Brasil, a real, não aquela contada nos livros da minha infância. Altamente comprometido, ele é um dos jornalistas mais sérios da imprensa nacional.

Esta atitude arbitrária do José Serra só tem que ser lamentada e repudiada por toda a população brasileira.


Fonte Gazeta Maringaense
Malu Pedarcini

Nenhum comentário:

Postar um comentário