sábado, 8 de maio de 2010

Pessuti garante contorno para Mandaguari


“Agora só depende da permissão do DNIT (Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes) para que desatar um dos mais terríveis nós existentes no Paraná, que é o trânsito por dentro da cidade de Mandaguari pela falta do contorno”. A afirmação foi feita na noite desta sexta-feira (7) pelo governador Orlando Pessuti, para uma platéia composta por mais de 50 prefeitos de quatro associações de municípios que se reuniram no Centro de Convenções “Décio Bacelar”, em Mandaguari. O secretário dos transportes, Mário Stamm Júnior esteve presente e explicou detalhes do processo aos presentes. O encontro foi promovido pelo presidente da Amusep (Associação dos Municípios do Setentrião Paranaense), o prefeito de Mandaguari, Cileninho e contou com a presença de 54 prefeitos representando outras três entidades: Amuvi (Associação dos Municípios do Vale do Ivaí), na oportunidade representada na mesa principal pelo vice-presidente, Adilson Silva Lino, prefeito de Faxinal; Amepar (Associação dos Municípios do Médio Paranapanema), representada pelo presidente Almir Batista, prefeito de Sabáudia e a Amocentro (Associação dos Municípios do Centro do Paraná), representada pelo prefeito de Manoel Ribas, Valentin Darcin. O presidente da AMP (Associação dos Municípios do Paraná), Moacir Fadel, prefeito de Castro, também esteve presente. Os preitos de duas das maiores cidades do Paraná, Barbosa Neto (Londrina) e Silvio Barros II (Maringá), também participaram do encontro.
Passaram também pela reunião o secretário de Turismo do Estado, Herculano Francisco Gianesella Lisboa os senadores Osmar Dias e Álvaro Dias, os deputados federais Ricardo Barros, Odílio Balbinotti e Rodrigo Rocha Loures e os deputados estaduais Miltinho Pupio, Cida Borghetti, Doutor Batista, Ênio Verri e Wilson Quinteiro. A pré-candidata ao Senado, Gleisi Hoffmann também prestigiou o evento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário