terça-feira, 11 de maio de 2010

Cadê a Valorização Municipal aos Desportistas de Sarandi?

Percebemos o inflar de abandonos nas principais políticas públicas locais, principalmente esta que envolve o maior agente inclusivo de todas as políticas sociais que é a parte Desportiva e cultural. Ficamos, na maioria das vezes, impotentes e atônitos, porém não calados em presenciarmos repetidamente estes descasos com brilhantes talentos desportistas sarandienses relegados ao esquecimento e ao desprezo pelo poder público, mesmo representando e ganhando importantes medalhas nas competições estaduais e nacionais.
É preciso sim, rever ou redespertar nas autoridades responsáveis por este setor político sem senso mínimo de patriota no sentido de estarmos “puxando suas orelhas” para agilizarem medidas ou mecanismos de inclusão educacional para que não seja “tarde demais” para nossos jovens e os mesmos sejam aliciados pelo “tráfico de drogas”.
Sabemos da real eficácia que os esportes proporcionam para a cidadania de nossos jovens. Além do mais, do seu prospero papel de agente disciplinador e integrador à sociedade, essência essa formadora de um caráter juvenil mais sintonizado com a realidade social e aplacador das distintas dificuldades desta juventude.
Cabe, então, ao órgão de controle interno ou a própria sociedade sarandiense organizada o desenvolvimento de ações não somente de caráter repressivo, mas, sobretudo preventivo e sistemático, de modo a antecipar-se às possíveis ocorrências indesejáveis.
No entanto, quando essas acontecerem, o órgão deve identificar as causas das práticas ilegais, fraudes, desvios, desperdícios e irregularidades de modo a introduzir medidas que impeçam sua repetição e fragilizem as atividades desportistas da cidade.
O município recebe como Encargos Especiais - 0C33 - Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação – FUNDEB - um valor de R$ 2.110.976,58 (até agosto de 2009) que poderiam, muito bem, parte do mesmo, patrocinar “Projetos de Inclusão Social” através do esporte e integrar aos demais projetos em andamentos dentro da rede pública.
LEIA MAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário